etveiculos@hotmail.com; julioet@brturbo.com.br

ampliar

Para os entusiastas ansiosos pelo lendário desempenho off-road e um novo nível de performance on-road, a Jeep® está lançando o Wrangler Rubicon 392 com motor V8. A versão conta com um potente propulsor de 6.4 litros (392 polegadas cúbicas, daí o nome da versão) que rende 470 cv de potência e 65 kgfm de torque. Acoplado a uma ágil transmissão TorqueFlite de 8 velocidades e a uma caixa de transferência permanente, o powertrain impulsiona o Wrangler Rubicon 392 de 0 a 60 mph (96km/h) em 4,5 segundos e permite que ele percorra um quarto de milha (400 metros) em 13 segundos. Além disso, trata-se de uma combinação que vem com garantia de fábrica. A nova versão estará à venda no mercado norte-americano no primeiro trimestre de 2021. Nofinal da reportagem tem um vídeo especial do nosso canal onde você pode conferir como ficou o ronco desse "monstro".

Fora do asfalto, a poderosa mecânica do Wrangler Rubicon 392 se complementa com eixos Dana 44 para trabalho pesado, raio da transmissão de 3,73, bloqueio do conversor de torque, kit de elevação de 5 cm e pneus de série de 33 polegadas com rodas de 17 polegadas com beadlock. O resultado é o Jeep Wrangler mais capaz da história graças aos seus 26 cm de altura livre do solo, uma articulação da suspensão e manobrabilidade melhoradas, ângulos de aproximação, central e de saída de 44,5°, 22,6° e 37,5°, respectivamente.

Os engenheiros da Jeep o colocaram à prova e o novo Wrangler Rubicon respondeu: é capaz de subir e descer rampas com uma intervenção mínima dos pedais de aceleração e freio. “Este é o Wrangler mais poderoso, rápido e capaz que jamais construímos”, garante Jim Morrison, responsável pela marca Jeep - FCA América do Norte. “O kit de elevação de fábrica e o abundante torque a baixas rotações do V8 tornam o Rubicon 392 o rei das montanhas, tanto se vai por um terreno rochoso a baixa velocidade quanto se precisa superar uma rampa inclinada. Para completar, no asfalto, o Rubicon 392 é capaz de desenvolver grande velocidade”.

Força máxima, abundância de torque

A incorporação de um motor de 6.4 litros marca a volta de um V8 da linha Wrangler como opção de fábrica após 40 anos de ausência. Essencial para o rendimento na estrada e fora dela, cerca de 75% do pico do torque está disponível a baixar rotações. O motor V8 utiliza um bloco de cilindros em ferro fundido e cabeçotes de alumínio, apoiado por um coletor de admissão ativo, distribuição de válvulas variável, duas velas de ignição por cilindro, válvulas de escape com enchimento de sódio, válvulas de entrada e injetores de óleo para a refrigeração do pistão. O propulsor também conta com cárter de vazão traseiro, alternador de montagem alto e coletores de escape de fluxo livre.

Quando a carga de trabalho é leve, por exemplo, circulando à velocidade de cruzeiro pela rodovia, a tecnologia para a economia de combustível (Fuel Saver Technology) com desativação de cilindros permite passar de forma imperceptível a um modo econômico de funcionamento com apenas quatro cilindros ativos dos oito disponíveis.

A entrada de ar funcional no capô proporciona ar externo frio e mais denso ao motor, aumentando o rendimento. Os engenheiros da Jeep se asseguraram que o V8 receba ar fresco sem importar o terreno nem o clima usando a tecnologia Hydro-Guide™, formada por um sistema de tubos em três níveis com várias drenagens, incluindo um ponto de drenagem em um único sentido localizado na caixa de ar que permite desalojar mais de 56 litros de água por minuto, evitando que se misture com o ar que entra. Isso permite ao Rubicon 392 ter capacidade de imersão de até 83 cm de profundidade, inclusive se ondas passarem por cima do capô.

Caso essa tomada funcional se torne inutilizável devido à neve, lama ou resíduos, um duto secundário ligado à estrutura do capô se torna responsável por conduzir o ar externo para o motor, permitindo que ele atinja a velocidade máxima com a via principal obstruída. 

Um sistema de escape ativo duplo de série fornece ainda um som estimulante e inconfundível. O sistema é ativado automaticamente, abrindo as válvulas de escape em cargas de trabalho existentes com o objetivo de reduzir a contrapressão dos gases de escape. O motorista também pode ativar o sistema apertando um botão. O escapamento com tubo duplo tem um acabamento de pontas quádruplas.

Equipado para render

Uma transmissão automática TorqueFlite 8HP75 de oito velocidades, desenvolvida para gerenciar altas entregas de torque, proporciona trocas de velocidade rápidas e ágeis seja em condições normais de condução ou sob demandas exigentes. Esta transmissão também permite ao condutor trocar a velocidade através de um paddle shift de alumínio no volante, novidade na linha Wrangler, ou através do seletor eletrônico do câmbio.

Esta transmissão completamente eletrônica conta com um mapa de câmbio imediato. O sofisticado software da transmissão está apoiado em vários parâmetros para determinar a condição de direção mais apropriada e ajustar ao padrão do câmbio. O resultado é uma troca de marchas que se ajuste de forma ideal aos requerimentos de rendimento de todo tipo de motoristas e circunstâncias. As relações do câmbio permitem a resposta adequada no momento preciso, desde passar por obstáculos do caminho até entregar com suavidade a potência à velocidade de estrada, algo factível graças a um escalonamento mais curto entre as diferentes velocidades.

A força motriz do Wrangler 392 também está apoiada na tecnologia Torque Reserve e no câmbio AMax, disponível em operações de aceleração com torque e que oferece a aceleração máxima possível em saídas do zero sobre pavimento. O Torque Reserve permite gerenciar o fluxo de combustível para os cilindros e controlar o avanço ou atraso da ligação balanceada assim como as rotações do motor e o torque para maximizar a entrega de potência e o rendimento em operações de aceleração do zero. O câmbio AMax, uma estratégia para melhorar o rendimento, procedente do Jeep Grand Cherokee Trackhawk, maximiza a entrega do torque em operações de aceleração para frente, coordenando o momento da troca e a quantidade de torque transmitida.

Força pronta para o Rubicon

O powertrain do Jeep Wrangler Rubicon transmite a força para as quatro rodas em todo momento. Seu coração é uma caixa de transferência ativa de duas velocidades Selec-Trac com uma relação redutora de 2.72:1 e quatro modos de direção selecionáveis: 4WD Auto, 4WD High, Neutral e 4WD Low. Trata-se de uma caixa permanente de funcionamento muito intuitivo que permite ao motorista inserir o modo adequado e esquecer, enquanto a força é entregue constantemente aos pneus dianteiros e traseiros. A caixa SelecTrac também permite rebocar o Wrangler Rubicon 392 caso seja necessário.

Na direção off-road, o Wrangler Rubicon 392 proporciona a lendária capacidade que tornou a Jeep conhecida graças aos seguintes sistemas Off-Road Plus e Control Selec-Speed. O Off-Road Plus, com modos para direção sobre areia (Sand) e sobre pedras (Rock), funciona pressionando o botão, quando são maximizadas as capacidades de tração do Rubicon 392. Os modos se ajustam ao acelerador, aos pontos de câmbio da transmissão e ao controle de tração para um rendimento máximo, seja em grandes velocidades sobre terreno arenoso ou baixa velocidade sobre pedras. O modo Off-road Plus também oferece aos motoristas a possibilidade de bloquear os eixos traseiros em altas velocidades em modo “4WD High”.

Já o Control Selec-Speed gerencia a velocidade no modo “4WD Low” na direção off-road sem a necessidade de acionar o acelerador ou o freio. Este sistema é ativado através de um botão no painel de instrumentos e pode ser ajustado em velocidades entre 2 e 8 km/h, simplesmente usando o seletor do câmbio eletrônico Range Select.

O Wrangler Rubicon 392 domina as descidas em baixa velocidade graças ao freio com motor, ao bloqueio revisado do conversor do torque e à uma relação de transmissão de 48:1, o que permite gerenciar a velocidade sem que seja necessário que o motorista pise no pedal do freio.

Chassi resistente para o Wrangler mais poderoso da história

O chassi do Jeep Wrangler Rubicon 392 teve os trilhos do quadro melhorados, braços de controle superiores dianteiros e cilindros da direção de ferro forjado para tirar o máximo proveito da abundante força e torque do motor V8. Os freios de alto rendimento permitem parar o veículo a qualquer momento.

As excepcionais aptidões off-road do Wrangler Rubicon 392 são determinadas por sua ampla distância entre eixos, seus eixos dianteiro e traseiro Dana 44 de seção mais grossa e seus diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok. A barra estabilizadora eletrônica dianteira permite maximizar o percurso da suspensão em qualquer situação e enfrentar as condições off-road mais exigentes.

Para aumentar as capacidades do comprovado sistema de suspensão de cinco braços, tanto na frente quanto atrás, o Rubicon 392 vem ainda com amortecedores FOX de alto rendimento especificamente calibrados para este modelo.

Cor bronze para algo especial

O Jeep Wrangler Rubicon 392 mantém o design original do Wrangler com elementos estéticos atrevidos, mas funcionais, com uma larga estampa e com seu reconhecido painel trapezoidal. O kit de elevação de fábrica de 5 cm realça a sua personalidade e a sua presença.

O Wrangler Rubicon 392 incorpora vários detalhes na cor bronze para destacar que se trata do Wrangler mais poderoso da história, como no emblema “Rubicon” no capô, nas capas dos ganchos de reboque dianteiros e traseiros e no contorno do emblema “Fox Schocks” dos amortecedores.

Proveniente do Jeep Gladiator Mojave, o capô elevado em 40 mm lhe dá uma aparência agressiva e sua entrada de ar completamente funcional lhe proporciona tanto ar para refrigerar o motor quanto maior capacidade de carga. Conta também com um emblema “392” nas laterais para lembrar de que se trata do motor com maior cilindrada já oferecido em um Jeep Wrangler. O desenho da grade proporciona ainda um maior fluxo de ar e, portanto, mais refrigeração ao motor. As rodas em bronze com beadlock tem medidas 17x7.5” e podem incorporar beadlock preto opcional da Mopar.

A parte interna apresenta uma costura original em bronze que contrasta com a tapeçaria de couro preto dominante. Os assentos, com o logo Rubicon 392 integrado, também em couro, mantém os ocupantes confortáveis e bem-dispostos graças a almofadas superiores integradas de tipo esportivo. Para se ajustar às especificações do novo motor, o quadro de relógios recebe uma nova numeração e novo design. Pela primeira vez na história do Jeep Wrangler, o volante de couro esportivo conta com paddle shift para uma gestão mais rápida da troca de velocidades e para tirar maior proveito do torque.

O sistema Uconnect é projetado em uma tela touch de série de 8,4 polegadas e conta com páginas Off-Road da Jeep, que permitem ao condutor monitorar a oscilação, o balanceamento, a altitude, as coordenadas GPS e a distribuição da força, entre outras informações.

O Jeep Wrangler Rubicon 392 está disponível em nove cores: Preto, Branco Brilhante, Vermelho Firecracker, Granito Crystal (metálica), Laranja Punk ’n (metálica), Verde Sarge (metálica), Granada Snazzberry (metálica), Cinza Sting (metálica) e Prata Billet (metálica). O interior é preto.

O Jeep Wrangler Rubicon 392 inclui diversos elementos de série premium que, normalmente, vem como opção na gama Wrangler: interior em couro, conjunto de infoentretenimento, banco de interruptores elétrico HD, teto e painel de instrumentos na cor da carroceria, conjunto de defesas de aço, conjunto de iluminação LED, conjunto de tempo frio, acesso remoto por proximidade e conjunto de segurança.

Peças e acessórios Mopar

A marca Mopar oferecerá um portfólio completo de peças e acessórios com qualidade comprovada para o novo Jeep Wrangler Rubicon 392 para personalizar o Wrangler mais poderoso e capaz da história. Os clientes podem acrescentar diferentes peças e acessórios Jeep Performance Parts que fazem parte do portfólio Mopar, como luzes LED off-road, guincho Rubicon, eixos dianteiros Ultimate Dana 44 Advantek com relações do câmbio disponíveis de até 5,36, novas rodas com beadlock para pneus maiores, trilhos para pedra e muito mais.

Diferente de outros produtos do mercado de reposição e acessórios, os itens da Mopar são respaldados por garantia de fábrica. Foram criados em estreita colaboração com as equipes de Engenharia e de Design de Produto da Jeep para o seu desenvolvimento, teste e validação. Os mais estritos padrões e a análise de dados exclusivos de fábrica são aplicados para integrar, de forma impecável, as peças e acessórios Mopar e oferecer uma adequada instalação, além de acabamento de primeira qualidade que leva em conta os mínimos detalhes, como cor, aparência e linha de cada produto.

 

Mais fotos
Clique na foto para ampliar